segunda-feira, 20 de abril de 2009

Taxa de Sida em Angola é a mais baixa da região

Taxa de Sida em Angola é a mais baixa da região PlusNews/Jornal de Angola/Angonoticias

Angola é o país da África Austral com a menor taxa de seroprevalência, afirmou a Helen Jackson, assessora sénior do Fundo das Nações Unidas para a População ao jornal on-line PlusNews.

A taxa de seroprevalência em Angola é inferior a quatro por cento. A funcionária alertou que o país deve reforçar as medidas de prevenção e combate à pandemia, recordando que Moçambique e África do Sul estavam numa situação semelhante em 1994.

“Angola deve olhar para estes casos de baixa seroprevalência de dez anos atrás e agir já”, disse Helen Jackson.

Ao nível mundial, a epidemia da Sida parece estabilizar, mas não na África Austral, indica um relatório da ONU/Sida. Em Moçambique, a seroprevalência continua a crescer, com uma média nacional de 16 por cento, equivalente a 1,8 milhões de pessoas. O avanço é maior nas províncias com ligações rodoviárias ao Malawi, Zimbabwe e África do Sul.

A África Austral ainda é o epicentro da Sida. Em 2005, um terço de todas a mortes por causa da Sida, no mundo, aconteceram na região, equivalente a 930 mil adultos e crianças.

De todos os seropositivos no mundo, a região alberga um de cada três adultos, quatro de cada dez crianças e metade das mulheres maiores de 15 anos.

“Isto dá uma ideia do nível do perigo para a população da região”, disse o coordenador regional para África austral e oriental da Onusida, Mark Stirling.

Na região, apenas o Zimbabwe, onde 1,7 milhões de pessoas vivem com HIV, a seroprevalência reduziu, em 2003, de 22 para 20 por cento.

As causas incluem maior uso de preservativos, desde os anos 1990, adiamento da primeira experiência sexual e redução de parceiros sexuais, além da alta mortalidade devido a Sida.

Os recursos disponíveis para a Sida, a nível global, aumentaram cinco vezes desde 2001.

Mas, para África Austral, o aumento nos recursos e a experiência acumulada, não resulta em menor seroprevalência.


20 Apr 2009
Fonte:PlusNews/Jornal de Angola [Comentar]

2 comentários:

O patriota disse...

Viva irmaos Angolanos

Parabens, continuem assim pautando por um comportamento saudavel. O futuro dos africanos esta em suas maos e da maneira como encaram a vida. Espero que os outros paises, como Mocambique, minha terra natal, sigam o vosso exemplo.
Vosso Irmao
O Patriota

Anónimo disse...

o la caros amigos, esatmops juntos por africa, e vamos continuar trabalho de modo mais sério, para que os indece de seroprevalencia possam cada vez mais reduzir. Nilton Cassoma

JOVENS DEBATEM SOBRE - A JUVENTUDE E OS DESAFIOS DA RECONSTRUÇÃO NACIONAL NAS "NOITE DE PALCO ABERTO"

O debate  destaca a visão dos jovens relactivamente aos problemas que   enfrentam no actual contexto da vida do nosso país e os ...